AMAVI Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí

quarta, 28 de novembro de 2007

Prefeitos do Alto Vale estudam a criação de consórcio de saneamento

Nos dias 21, 22 e 23 de novembro, um grupo de prefeitos do Alto Vale do Itajaí, acompanhados de lideranças políticas da região, do assessor ambiental e do secretário executivo da AMAVI, estiveram no Rio de Janeiro conhecendo tecnologias adotadas em obras de saneamento. O primeiro compromisso da comitiva foi a visita na empresa “Águas de Niterói”, concessionária responsável pela distribuição de água, coleta e tratamento de esgoto sanitário das cidades de Niterói, Campos dos Goitacazes, Petrópolis e outras, totalizando o atendimento a mais de dois milhões de consumidores. No dia 22, a delegação conheceu a Usina Verde, empreendimento privado que possui tecnologia para tratamento de resíduos urbanos com geração de energia. A usina possui capacidade para tratamento de até 150 toneladas de lixo por dia. Levando em consideração que nenhum município do Alto Vale possui tratamento de esgoto e que a Lei 11.445/07 determina que os municípios têm prazo até final de 2008 para regularizar o problema do saneamento, a AMAVI está estudando a possibilidade de criar a agência regional de saneamento, para gerenciar as discussões acerca do problema. Um dos objetivos da viagem foi conhecer as tecnologias existentes para tratamento do lixo e esgoto, para possivelmente, através de uma agência regional ou consórcio intermunicipal, se implantar obras semelhantes na região. Além do cumprimento a legislação, outra preocupação da AMAVI e dos prefeitos é o compromisso com as gerações futuras. O secretário executivo da AMAVI, Agostinho Senem destaca: “Precisamos pensar nos próximos 50 ou 60 anos e para isso devemos iniciar um trabalho de tratamento do esgoto, de destinação correta para o lixo e cuidar da água”. A empresa Usina Verde dispõe de capital financeiro para implantar unidades em qualquer cidade brasileira, desde que haja o compromisso da municipalidade na entrega dos resíduos a serem incinerados, pois o lucro da companhia é oriundo da energia produzida e dos créditos de carbono. Para implantação no Alto Vale, a empresa precisa da garantia de aproximadamente 150 toneladas/dia de lixo. Outra possibilidade apresentada pelos diretores da empresa, é a venda da tecnologia, que hoje custa cerca de 20 milhões de reais e os municípios envolvidos podem pagar com a energia elétrica gerada após o lixo queimado, a qual poderá ser comercializada. De acordo com o presidente da AMAVI, prefeito José Goetten de Lima, o próximo passo é a realização de um estudo de viabilidade para implantação da Usina Verde e de unidades de tratamento de esgoto no Alto Vale, através da formação de consórcios. “A idéia é trabalhar em conjunto, nossos municípios não têm estrutura para implantar obras semelhantes individualmente, vamos levantar números sobre a quantidade de lixo produzida diariamente na região e avaliar a melhor forma de tratar o esgoto”. Na avaliação dos prefeitos, as tecnologias conhecidas são viáveis à região, apesar dos altos custos. “Sabemos que os investimentos na área do saneamento são necessários e representam valores altos, mas a partir do momento que isso acontecer vamos economizar em outras áreas”, diz o prefeito de Rio do Oeste, Odenir Felizari. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, OMS, cada real investido em saneamento básico, representa uma economia de 4 a 5 reais gastos com medicina curativa. Outro ponto que despertou atenção dos prefeitos, foi a localização de uma estação de tratamento de esgoto, ou seja, no pátio de um PSF no bairro de Jurujuba em Niterói, a unidade opera com 95% de eficiência sem odor ou outro inconveniente. Este modelo tem capacidade para atender dez mil consumidores e foi considerado ideal para os municípios do Alto Vale. A empresa Águas de Niterói mostrou-se disposta a realizar orçamento sem compromisso aos municípios interessados em conceder os serviços à mesma. Mais Detalhes

Últimas notícias

29 de maio de 2020
Governo sanciona auxílio financeiro aos municípios
O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto de auxílio financeiro a estados e municípios. O texto foi publicado na edição desta quinta-feira (28/5) do Diário Oficial da União. Com a sanção...

25 de maio de 2020
Liberadas cirurgias, consultas e exames eletivos
As Portarias SES nº 341 e 342, publicadas pelo governo do Estado na última quarta-feira (20), autorizam que as Unidades Hospitalares reiniciem as atividades ambulatoriais de consultas e exames...

15 de maio de 2020
Pesquisa SOS Artistas Alto Vale continua até 22 de maio
A pesquisa SOS Artistas Alto Vale foi prorrogada até 22 de maio. O levantamento regional é sobre o impacto da pandemia do cornavírus em empresas e profissionais ligados à produção, comércio e...

07 de maio de 2020
NOTA DE ESCLARECIMENTO- Equipamentos para perfuração de poços artesianos
Sobre matérias veiculadas nesta semana na imprensa regional, a respeito de equipamentos para perfuração de poços artesianos, a AMAVI esclarece: 1) Os kits de perfuração, compostos por...

04 de maio de 2020
AMAVI disponibiliza ferramenta para aulas on-line
Os alunos das redes municipais do Alto Vale do Itajaí estão tendo aulas on-line e acesso a material pedagógico no período de suspensão das aulas em virtude da pandemia do coronavírus....

16 de abril de 2020
Inicia segunda etapa da campanha de vacinação contra gripe
Depois de imunizar idosos e profissionais da saúde, agora chegou a vez dos portadores de doenças crônicas, caminhoneiros e motoristas de transporte coletivo, pessoas privadas de liberdade,...

16 de abril de 2020
Colegiado de Cultura realiza videoconferência
Os integrantes do Colegiado de Cultura da AMAVI, participaram hoje, 16, de uma reunião on-line, a primeira do grupo, para discutir algumas ações culturais que poderão ser implementadas...

18 de março de 2020
Medidas de enfrentamento ao coronavírus
Os prefeitos do Alto Vale estiveram reunidos ontem, 17, na AMAVI, para discutir e definir medidas de prevenção ao Coronavírus. A principal deliberação foi a suspensão das aulas nas redes...

18 de março de 2020
Continuamos com atendimento remoto
Considerando o período de emergência de saúde pública em virtude da propagação do coronavírus e o novo Decreto (nº 535) publicado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, que prorroga por mais...

AMAVI - Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí
CNPJ: 82.762.469/0001-22
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
Fone: (47) 3531-4242 - Endereço: Rua XV de Novembro, nº 737, Centro, Rio do Sul/SC
CEP: 89160-015 - Email: amavi@amavi.org.br
Instagram
Ir para o topo