AMAVI Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí

quinta, 31 de janeiro de 2013

Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas divulga programas do Governo Federal em parceria com os municípios

Encerrou ontem, (30), em Brasília, o Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas, promovido pela Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República. Milhares de novos gestores de todo país acompanham desde a última segunda-feira (28) a apresentação de projetos e programas de diversas áreas do Governo Federal. A presidente Dilma Rousseff abriu o evento e fez um relato das principais ações do Governo nas áreas sociais. O Alto Vale do Itajaí esteve representado no evento por uma comitiva de 19 prefeitos, assessores e secretários municipais, coordenada pelo presidente da AMAVI prefeito Hugo lembeck,

Resumo das medidas anunciadas pelo Governo Federal:

No discurso da presidente Dilma Rousseff:

- Governo Federal não admite tratamento discriminatório por questões ideológicas. "Precisamos trabalhar mais e cada vez mais juntos. Queremos a cooperação de todos e vamos atrás dela".

- O governo federal começará a compensar os municípios que têm dívidas com a Previdência Social, anunciou a presidenta Dilma Rousseff. Segundo ela, 833 municípios começarão a receber compensações de R$ 500 mil mensais.

- Disponibilização de R$ 66,8 bilhões para investimento das prefeituras neste ano, dos quais R$ 35,5 bilhões já contratados, que serão liberados a partir do final de fevereiro, e R$ 31,3 bilhões de recursos novos para projetos a serem selecionados, que já podem ser apresentados.

- No Programa Minha Casa, Minha Vida, foram contratadas 1,3 milhão de novas moradias e estão previstas mais 1 milhão em esforço conjunto com as prefeituras.

- Liberação de R$ 66,8 bilhões para auxiliar os municípios a construir creches, escolas, reformar postos de saúde, levantar novas unidades de pronto atendimento e fazer obras de saneamento e de pavimentação, entre outros investimentos.

- O governo está abrindo dois processos de seleção em educação, para creches e quadras. No segundo processo seletivo, será assegurada a construção e cobertura de 2.927 quadras em escolas públicas. Essas escolas poderão se qualificar, desde que tenham 100 ou mais alunos.

Saúde:

- A meta do Ministério da Saúde para este ano é construir 1.253 de novas UBS, outras 5.629 serão ampliadas e 4.348 serão reformadas. Está previsto ainda R$ 1,2 bilhão para a compra de equipamentos para as UBS. O programa de requalificação já beneficiou 3.872 municípios em todo Brasil, apoiando construções, reformas e ampliações de UBS. Para melhorar a estrutura física das UBS, o ministério aumentou a área total mínima das unidades. A UBS de porte I aumentou de 153,24 m², para 297,72 m² e a UBS de porte II aumentou de 293,28 m² para 374,04 m². Além disso, serão financiadas também UBS de porte III, com 481,32 m², e ainda a UBS de porte IV, com 564,84 m².

Social:

- Programa "O Viver Sem Limite" tem R$ 7,6 bilhões em recursos para implementar políticas públicas em todo o país. A iniciativa é coordenada pela SDH/PR, envolvendo 15 ministérios e o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade). Somente na área educacional, a meta é adquirir 2,6 mil veículos adaptados e tornar 13,5 mil salas de aula acessíveis.

- Os prefeitos e prefeitas devem criar conselhos da pessoa com deficiência. Outra ação frisada é a implantação de 45 centros de referência em reabilitação.
- Governo pediu para que os prefeitos deem suporte à qualificação dos Conselhos Tutelares, pois está disponibilizando 500 kits para os órgãos, compostos por um carro, cinco computadores, uma impressora multifuncional, um refrigerador e um bebedouro. Para isso, as prefeituras precisam se habilitar junto à SDH/PR.

Superação da miséria:

- Segundo o secretário extraordinário para Superação da Extrema Pobreza do MDS, Tiago Falcão, há recursos financeiros e ferramentas, com acesso simplificado, para apoiar a elaboração de ações e programas sociais nos municípios. Para auxiliar os prefeitos e prefeitas, o ministério elaborou uma cartilha com os programas e ações do plano de superação da extrema pobreza para distribuir no evento. Durante o encontro, o MDS também lançou o portal Plano Brasil Sem Miséria no Seu Município.

Educação:

- O ministro disse que a posição do Ministério da Educação é que o piso nacional do magistério precisa continuar crescendo de forma sustentável e progressiva, para atrair bons profissionais. Ele apontou como alternativa de financiamento a destinação dos recursos dos royalties do petróleo para a educação. "Se tivermos recursos dos royalties, vamos resolver o problema de financiamento, inclusive salarial dos professores".

Cultura:

- A ministra da Cultura, Marta Suplicy, disse que o Vale-Cultura vai fomentar a economia dos municípios. Durante o encontro, Marta explicou aos prefeitos de todo o país sobre o funcionamento do Vale-Cultura e do Sistema Nacional de Cultura. O trabalhador com carteira assinada terá R$ 50 para gastar com programas culturais como shows, cinemas, exposições, teatro, além de poder comprar livros e revistas. Cada beneficiário terá descontado de sua folha salarial R$ 5, ao passo que os demais R$ 45 ficam a cargo do empregador.

Telecomunicações:

- O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, pediu a ajuda dos prefeitos para facilitar a instalação de antenas de telefonia móvel no país para ampliar a infraestrutura nas cidades para aumentar o acesso da população aos serviços de telecomunicação. Bernardo lembrou que, em muitos municípios, as legislações para instalação de antenas e torres de celulares são muito restritivas. Uma lei federal para unificar as regras já foi aprovada no Senado, e a expectativa do governo, segundo o ministro, é que a matéria seja analisada pela Câmara dos Deputados ainda no primeiro semestre deste ano.

- Projeto Cidades Digitais deve selecionar este ano cerca de 200 municípios que irão receber infraestrutura de rede para ligar todos os pontos da administração municipal. O programa garante acesso da população aos serviços de governo eletrônico e à internet, por meio de postos instalados em praças, rodoviárias e outros espaços públicos. A iniciativa viabiliza a conexão entre os órgãos públicos, por meio de fibra ótica, com a instalação de equipamentos e softwares, suporte técnico, capacitação de pessoal local e fornecimento de aplicativos nas áreas de gestão financeira, tributária, de saúde e educação.

Incentivos à Exportação:

- Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) apresentou as principais ferramentas de apoio público e governamental às exportações brasileiras. Citou o programa Redeagentes que capacita estudantes para se tornarem agentes que orientarão, gratuitamente, empresários de pequeno e médio porte sobre como exportar. Os agentes são voluntários e, desde 2000, já foram realizados mais de 800 cursos e treinamentos, com capacitação de mais de 22 mil pessoas em todos os estados brasileiros.

- O MDIC dispõe ainda de uma série de serviços estatísticos que permitem aos empresários e gestores públicos se informarem sobre a realidade e os processos relacionados ao comércio exterior. Nas estatísticas da Secex, os interessados podem conferir os dados da balança comercial do país, dos estados e dos municípios, atualizados mensalmente, além dos recortes setoriais por cooperativas e trading companies. Os dados municipais trazem informações sobre os produtos exportados e importados, e os mercados de destino e origem de cada município que tenha realizado operações de comércio exterior.

- A série Aprendendo a Exportar é uma coleção multimídia orientada para o aprendizado das operações de exportação, que inclui central de atendimento, simulador do preço de exportação e o fluxo lógico e operacional do processo de vendas aos mercados exteriores. Atualmente, já foram desenvolvidas edições da série para confecções, móveis, calçados, artesanato, alimentos, flores e plantas ornamentais, máquinas e equipamentos, gemas, joias e afins, e pescado.

- No serviço Comex-Responde, os usuários podem tirar dúvidas diversas sobre exportações e importações. Trata-se de um canal de contato direto e descomplicado pela internet, que já recebeu mais de 31 mil consultas. No AliceWeb? , é possível realizar pesquisas detalhadas sobre o fluxo comercial dos produtos de toda a pauta de exportação e importação brasileira.

- Na Vitrine do Exportador, os empresários podem desenvolver páginas personalizadas para promover os seus produtos, com a possibilidade de inclusão de vídeos, fotos e aplicativos de geolocalização, além de dados comerciais diversos, como descrição da empresa e seus produtos e mercados. Existe ainda uma área para formulário de propostas de negócios de importadores estrangeiros.

- O Sistema de Registro de Informações de Promoção (Sisprom), que auxilia no processo de internacionalização das empresas, com redução à zero do imposto de renda sobre remessas ao exterior para pagamento de despesas com promoção de produtos, serviços e destinos turísticos. O objetivo principal do Sisprom é estimular a participação de empresas na prospecção de novos mercados, tendo como consequência alavancar as exportações.

fonte: Assessoria de Comunicação FECAM


Últimas notícias

20 de novembro de 2020
Boletim regional da Covid 19
De acordo com dados divulgados pelas secretarias municipais de saúde da região, o Alto Vale do Itajaí registra 7.649 casos confirmados de Covid 19, sendo 6.772 recuperados e 76 óbitos.Santa...

09 de novembro de 2020
AMAVI completa 56 anos
A Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí- AMAVI completou no último sábado, 07 de novembro, 56 anos de fundação. A primeira associação de municípios oficialmente constituída no Brasil...

15 de outubro de 2020
Alto Vale é reclassificado no mapa de risco da COVID- 19
De acordo com a Matriz de Avaliação de Risco Potencial para Covid-19, divulgada hoje, 15, o Alto Vale do Itajaí saiu do estado Grave (laranja) para o Alto (amarelo), o que representa uma...

07 de setembro de 2020
Nota de Pesar
Com pesar, a AMAVI toma conhecimento, nesta segunda-feira, 07, do falecimento do jornalista Donato Ramos.Manifestamos nosso agradecimento pela importante contribuição na criação da AMAVI....

07 de agosto de 2020
Novas medidas restritivas são recomendadas no Alto Vale
Em reunião realizada na manhã de hoje, (07/08), prefeitos e secretários municipais de saúde do Alto Vale do Itajaí aprovaram a Resolução Nº 010/2020 que dispõe sobre as medidas sanitárias...

03 de agosto de 2020
Boletim regional da Covid 19
De acordo com dados divulgados pelas secretarias municipais de saúde da região, o Alto Vale do Itajaí registra 1.991 casos confirmados de Covid 19, sendo 1.351 recuperados e 21 óbitos.Santa...

03 de agosto de 2020
Prefeitos pedem ampliação de leitos de UTI
O presidente da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), prefeito de Petrolândia, Joel Longen, fez a entrega hoje, 03, de um ofício ao governador Carlos Moisés, reforçando...

30 de julho de 2020
Boletim regional da Covid 19
De acordo com dados divulgados pelas secretarias municipais de saúde da região, o Alto Vale do Itajaí registra 1.777 casos confirmados de Covid 19, sendo 1.200 recuperados e 21 óbitos.Santa...

29 de julho de 2020
Boletim regional da Covid 19
De acordo com dados divulgados pelas secretarias municipais de saúde da região, o Alto Vale do Itajaí registra 1.674 casos confirmados de Covid 19, sendo 1.134 recuperados e 18 óbitos.Santa...

AMAVI - Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí
CNPJ: 82.762.469/0001-22
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
Fone: (47) 3531-4242 - Endereço: Rua XV de Novembro, nº 737, Centro, Rio do Sul/SC
CEP: 89160-015 - Email: amavi@amavi.org.br
Instagram
Ir para o topo