AMAVI Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí

sexta, 03 de julho de 2009

FECAM completa 29 anos em defesa do municipalismo

A Federação Catarinense de Municípios (FECAM) completa, no dia 3 de julho,29 anos de trabalho atuando em defesa dos municípios e apoiando os gestores municipais em favor de uma administração pública responsável. Entidade constituída pelos prefeitos catarinenses, trabalha de forma integrada com as associações microrregionais para ampliar a capacidade de gestão e de reforçar o papel dos municípios na reivindicação de assuntos de interesse junto aos governos estadual e federal.

A história da FECAM também é marcada pela realização de mobilizações, marchas, capacitações, encontros com governo do Estado e Bancada Parlamentar Catarinense, a instituição de colegiados, o desenvolvimento de sistemas de gestão pública e qualificação dos agentes políticos e servidores públicos municipais. Para o presidente da Federação e prefeito de Palhoça, Ronério Heiderscheidt, a FECAM tem como objetivos associar, integrar e representar. "A caminhada da entidade como fomentadora de mudanças e incentivadora do crescimento dos nossos municípios é o nosso primeiro compromisso", reitera.

Ao longo de sua história, a Federação sempre esteve à frente das mobilizações em favor das administrações públicas municipais, juntamente com as associações microrregionais e a Confederação Nacional de Municípios (CNM). Dessa atuação resultaram importantes conquistas que compõem, somente no último ano, uma ampla lista de benefícios garantidos aos municípios. Um deles está relacionado com a constitucionalidade da incidência do Imposto sobre Serviços (ISS) sobre as operações de leasing (arrendamento mercantil). A Federação apresentou razões de direito em favor da incidência do imposto municipal nas operações de leasing, e o Pleno do Tribunal de Justiça deu ganho de causa aos municípios, manifestando-se pela legalidade da cobrança do ISS nas operações de leasing, de modo a ofertar importante fonte de arrecadação.

A FECAM também desempenhou um importante trabalho na defesa judicial municipal com a atuação da assessoria jurídica da entidade em junho de 2008, quando se assegurou o repasse da cota-parte de 25% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de todo pagamento efetuado pelas empresas beneficiadas pelo Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), somando, desde 2008, mais de R$ 21 milhões repassados. A Federação ainda atuou em favor dos municípios catarinenses ao pressionar pela manutenção da decisão judicial que assegura a Cobrança do Custeio dos Serviços de Iluminação Pública (COSIP) na fatura de energia elétrica, beneficiando a arrecadação tributária municipal. Em parceria com as associações microrregionais, foram contratados serviços de profissionais especializados e que militam nos tribunais federais, visando preservar os interesses dos municípios. Com a decisão favorável, os municípios tiveram a condição de manter a cobrança da COSIP e a arrecadação de aproximadamente R$ 168 milhões, no ano de 2008. Outra conquista, já de 2009, foi a aprovação da conversão da MP 457/2009, que permite o parcelamento da dívida dos municípios com o INSS. Um grande avanço é que, antes de se fazer a cobrança, será realizado um encontro de dívidas entre o município e o INSS, podendo ser parcelado apenas o valor resultante desse cálculo.

Além da defesa intransigente dos interesses municipalistas, a Federação oferece consultorias e serviços especializados. Como resultado de planejamentos realizados em conjunto com as associações, a instituição tem entre suas prioridades programas que abrangem a articulação política com o Congresso Nacional, o governo da União e do Estado de Santa Catarina; o desenvolvimento e oferta de sistemas informatizados que lançam mão da informática para auxiliar o bom funcionamento das gestões municipais; a participação em projetos e planos de desenvolvimento local e regional; a prestação de consultorias especializadas; e a qualificação dos agentes políticos e servidores públicos municipais. Esse último é um dos projetos inovadores da FECAM, concretizado com a criação da Escola de Gestão Pública Municipal (EGEM), coordenada pela instituição em conjunto com as associações de municípios do Estado.

Para efetivar todas essas ações, torna-se imprescindível a participação das associações de municípios, parceiras permanentes na organização e promoção de eventos e capacitações, no repasse das orientações técnicas, no encaminhamento de reivindicações e na elaboração de projetos e mobilização dos municípios em torno de ações de interesse comum. Essa é a missão maior, a qual orienta todas as decisões e ações no sentido de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos nos municípios catarinenses.

ASCOM/FECAM

Últimas notícias

23 de dezembro de 2021
Comunicado de férias
A Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí- AMAVI informa que não haverá expediente entre os dias 27 de dezembro de 2021 e 02 de janeiro de 2022. Neste período, os municípios que...

10 de dezembro de 2021
Prefeitos elegem diretoria da AMAVI 2022
O prefeito de Agrolândia, José Constante, vai presidir a Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (AMAVI) a partir do mês de janeiro. A sua eleição deu-se por aclamação durante...

30 de novembro de 2021
Boletim regional da Covid 19
De acordo com dados divulgados pelas secretarias municipais de saúde da região, o Alto Vale do Itajaí registra 42.443 casos confirmados de Covid 19, sendo 41.709 recuperados e 636 óbitos. O...

10 de novembro de 2021
Prefeitos aprovam projeto de unificação dos consórcios intermunicipais
Em assembleia da AMAVI realizada na manhã de hoje, 10, a proposta de unificação dos consórcios CIS e CIM-AMAVI foi acatada pelos prefeitos. A junção das duas entidades permitirá otimização de...

05 de novembro de 2021
Programa de turismo rural desenvolvido no Alto Vale é apresentado em feira nacional
O programa de turismo no espaço rural desenvolvido pela assessoria de turismo e cultura da AMAVI, “Caminhos do Campo”, está em destaque na Festuris de Gramado-RS, uma das maiores feiras de...

26 de julho de 2021
Prefeitos conhecem trabalho desenvolvido na gestão dos resíduos sólidos no Médio Vale
Prefeitos do Alto Vale do Itajaí e técnicos dos municípios e da AMAVI realizaram na última sexta-feira, 23, visita técnica ao Parque Girassol – Sistema de Tratamento dos Resíduos Sólidos no...

28 de maio de 2021
Programas da Secretaria de Estado da Agricultura são discutidos em reunião da AMAVI
Os prefeitos e secretários municipais de agricultura do Alto Vale foram orientados sobre os programas de fomento agropecuário da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do...

18 de maio de 2021
Nota de Pesar
É com profundo pesar, que a AMAVI recebe a notícia do falecimento do ex-governador e ex-senador Casildo Maldaner. Aos 79 anos, Casildo foi uma das maiores lideranças políticas do nosso Estado....

13 de maio de 2021
Representantes do Alto Vale buscam recursos para implantação do Parque de Processamento e Tratamento dos Resíduos sólidos
A presidente da AMAVI, prefeita Geovana Gessner, solicitou ao presidente da Fundação Nacional de Saúde- Funasa, Coronel Giovanne Gomes da Silva, a liberação de recursos para a...

AMAVI - Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí
CNPJ: 82.762.469/0001-22
Expediente: Segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h.
Fone: (47) 3531-4242 - Endereço: Rua XV de Novembro, nº 737, Centro, Rio do Sul/SC
CEP: 89160-015 - Email: amavi@amavi.org.br
Instagram
Ir para o topo

O portal da AMAVI utiliza alguns cookies para coletar dados estatísticos. Você pode aceitá-los ou não a seguir. Para mais informações, leia sobre nossos cookies na página de política de privacidade.